Agende sua consulta pelos telefones: (19) 3234.8264 | (19) 9.9921.8001

Instituto Bragheto de Fertilidade - Rua Eduardo Lane, 380 - Guanabara - Campinas / SP - Cep: 13.073-002

© 2018 Todos os conteúdos desse site são de propriedade do Instituto Bragheto.

Gravidez depois dos 35 anos exige cuidados extras

May 17, 2018

 

Os dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), confirmam uma percepção geral: as mulheres brasileiras estão tendo filhos mais tarde. Em 10 anos, a quantidade de mães entre 20 e 24 anos caiu de 30,9% para 25,1%.

 

Em compensação, as gestações entre 30 e 39 anos aumentaram de 22,5% para 30,8%, no mesmo período. Independente dos motivos por trás dessa mudança, especialistas alertam sobre fertilidade reduzida e riscos de complicações gestacionais em mulheres após os 35 anos.

 

O declínio gradual da fertilidade demanda, a partir dessa idade, um acompanhamento profissional mais intensivo das mulheres que desejam engravidar. Se a gestação não ocorrer após seis meses de tentativas, o casal deve procurar um especialista para investigar possíveis causas de infertilidade. Após os 40 anos, ou, em casos com suspeita prévia de infertilidade, essa investigação deve ocorrer no momento em que o casal decide engravidar.

 

Para as mulheres que não desejam engravidar em curto prazo, mas já se encontram em uma idade de risco, é possível avaliar junto a um médico especialista a preservação da fertilidade por meio do congelamento de óvulos.

 

Além da infertilidade, após os 35 anos existe aumento do risco de coexistir outras condições médicas como câncer, doenças cardiovasculares, renais, endócrinas e autoimunes, além da obesidade, que aumentam o risco de hospitalização, cesariana e outras complicações gestacionais.

Please reload

Postagens recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Pesquise pelas Tags